Sábado, 25 de Novembro de 2006

USMT no Protesto Geral – Santarém

USMT solidarizou-se e participou no Protesto Geral, que se realizou hoje em Santarém.

USMT apresentou na manifestação uma série de cartazes, nos quais se podia ler:

 

“Formação de mais Profissionais de Saúde. Urgente!”

“Farmácias Hospitalares abertas aos Utentes.”

“Não ás Taxas Moderadoras.”

“Medicamentos mais Baratos.”

“Mais Médicos nos Centros de Saúde.”

“Promiscuidade público-privado. Não!”

“Saúde Oral dos Centros de Saúde.”

“SNS (Serviço Nacional de Saúde) Público, Universal e Gratuito.”

publicado por usmt às 20:38
link do post | favorito
|
Sexta-feira, 24 de Novembro de 2006

Utentes sem médico de família exigem solução

Há muito tempo que não se via a sala de sessões da Câmara Municipal de Torres Novas tão concorrida durante uma reunião do executivo. Proveniente de Riachos, Meia Via, Pedrógão e Ribeira Branca, a população quis queixar-se junto da Câmara e pedir ajuda para resolver o problema de falta de médico de família.

O movimento que levou algumas dezenas de munícipes à reunião de Câmara pública de terça-feira, dia 21 de Novembro, foi uma organização da Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo que, durante as últimas semanas, reuniu as populações e as convidou a comparecer na reunião, como forma de pressionar a Câmara a encabeçar a luta.

A reunião ficou marcada pela ausência de António Rodrigues, presidente da Câmara Municipal de Torres Novas, que, por motivos de agenda, não pôde esta presente, bem como dos vereadores Manuela Pinheiro e Carlos Tomé.

Manuel José Soares, porta-voz da manifestação, afirmou que são muitos os cidadãos que estão a ser privados de um dos mais elementares direitos, acesso à saúde, e enumerou as preocupações com que as pessoas se debatem diariamente, mediante a falta de médico na respectiva freguesia.

"São frequentes as vezes que têm de estar às seis da manhã frente ao Centro de Saúde, em Torres Novas, com o objectivo de conseguir consulta. Muitas vezes não têm a consulta e outras têm de permanecer longas horas no Centro, tendo de providenciar a alimentação. Tendo em conta que muitos dos que necessitam de cuidados médicos, principalmente os idosos, não dispõem de rendimentos que lhe possibilitem o aluguer de um táxi e tomar refeições fora de casa, imaginamos os sacrifícios por que estão a passar. Mais, há relatos de pessoas que deixaram de tomar os medicamentos e outras que não podem vir às consultas regulares" – disse Soares, lendo um documento.

O representante da Comissão de Utentes rejeitou ainda que sejam os utentes a ser responsabilizados pela actual situação: "Os utentes da saúde não são responsáveis pelas políticas erradas na formação de recursos humanos para a saúde. Nem podem ser responsabilizados pela má distribuição a nível nacional dos recursos existentes. Até pagam taxas, para ser mal servidos".

O documento foi entregue à vereação, tendo sido elaborado com base nas principais preocupações que os utentes têm feito chegar à comissão.

Perante o cenário de quatro freguesias sem médico (Riachos tem um apenas), a população, pela voz de José Soares, faz exigências à Câmara: "Exige-se da parte dos eleitos locais, representantes da população, que exerçam uma clara e justificada pressão sobre os responsáveis ministeriais da área da saúde, para resolver o problema da falta de médicos nas freguesias afectadas".

No final, o representante da Comissão de Utentes mostrou disponibilidade em reunir com o executivo para sugerir medidas práticas e concretas, que poderão ser tomadas pela Câmara e levar à resolução do problema que tem afectado um grande número de torrejanos.

Pedro Ferreira, vice-presidente da Câmara, que sabia antecipadamente da ida da população à reunião e os motivos da mesma, tinha já falado com Fernando Afoito, da Administração Regional de Saúde de Santarém. E a resposta que deu aos queixosos é aquela que todos já conhecem: não há médicos disponíveis em Portugal, muito menos dispostos a trabalhar na província.

Pedro Ferreira demonstrou preocupação pelo caso, mas adiantou que pouco pode ser resolvido pela Câmara. No entanto, garantiu que os utentes não seria abandonados pela autarquia nesta luta e que iria fazer chegar junto do Ministro da Saúde a preocupação dos torrejanos, de forma a ajudar a resolver a situação.

O autarca adiantou ainda que durante o mês de Novembro está a decorrer um concurso público, que poderá trazer médicos para o concelho. Nuno Santos, vereador do PSD, mostrou-se também solidário com a população e aconselhou que se trabalhasse no sentido de resolver o problema, mas que, até à saída dos resultados do concurso, nada fosse feito publicamente. Se os resultados não forem favoráveis ao concelho, então sim, continuou o vereador social-democrata, "deverá pensar-se em outros modos de luta".

José Augusto Paixão, também da Comissão de Utentes, lembrou que o discurso de falta de médicos não é tão linear como possa parecer: "Há mecanismos para resolver essa situação, assim os responsáveis queiram. Por exemplo, um médico reformado não pode continuar a exercer como médico de família, mas pode ir para uma clínica privada. É preciso ter sensibilidade para fazer as excepções necessárias. Não há falta de médicos, estão é mal colocados. As clínicas privadas, quando abrem, têm três mil médicos a concorrer. Há que criar condições para atrair médicos para a função pública".

Na prática nada ficou resolvido, mas ficou a promessa de o executivo reunir com a Comissão de Utentes da Saúde para, juntos, tentarem achar uma solução.

Fonte: Inês Vidal (Jornal Torrejano)

publicado por usmt às 20:13
link do post | favorito
|
Quarta-feira, 22 de Novembro de 2006

Declaração em Sessão de Câmara Municipal de Torres Novas

"Milhares de cidadãos do nosso concelho, concretamente das freguesias do Pedrógão, Ribeira, Meia Via e Riachos, estão a ficar privados de um dos mais elementares direitos, o acesso à saúde.

 

São frequentes as vezes que têm de estar às seis da manhã frente ao Centro Saúde, em Torres Novas, com o objectivo de conseguir uma consulta. Muitas vezes não têm a consulta e outras têm de permanecer longas horas no Centro de Saúde, tendo de providenciar a alimentação. Acresce que muitos desses cidadãos não têm meios de transporte próprio, nem os transportes públicos têm a frequência e os horários compatíveis com as necessidades. Tendo em conta que muitos dos que necessitam de cuidados médicos, principalmente os idosos, não dispõem de rendimentos que lhes possibilitem o aluguer de um táxi e tomar refeições fora de casa, imaginamos os sacrifícios por que estão a passar. Mais, há relatos de pessoas que deixaram de tomar os medicamentos e outros que não podem vir às consultas regulares.  

 

Sejamos claros: com esta situação largos milhares de pessoas têm a sua qualidade de vida gravemente afectada.

 

Os utentes de saúde não são os responsáveis pelas políticas erradas na formação de recursos humanos para a saúde, nomeadamente médicos e enfermeiros. Nem podem ser responsabilizados pela má distribuição a nível nacional dos recursos existentes. Também não são responsáveis pelo crónico subfinanciamento do sector da saúde, com especial incidência nos Cuidados de Saúde Primários. E, até pagam taxas, para serem mal servidos.

 

Exige-se de parte dos eleitos locais, representantes da população, que exerçam uma clara e justificada pressão sobre os responsáveis ministeriais da área da saúde, para resolver o problema da falta de médicos nas freguesias afectadas.

 

Conscientes de que a saúde é o bem mais valioso do ser humanos, não nos conformamos com a discriminação no acesso de cuidados médicos a que estão votados milhares de torrejanos. Continuaremos a afirmar a nossa disponibilidade para trabalhar, com todos, para resolvermos o grave problema da falta de médicos".    

 

Torres Novas, 21 de Novembro de 2006

publicado por usmt às 13:52
link do post | favorito
|
Segunda-feira, 20 de Novembro de 2006

Elementos da CUSMT para a Comissão Dinamizadora da MUSP

Em carta ao Movimento de Utentes dos Serviços Públicos (MUSP), a Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo (CUSMT), indica os nomes dos elementos que farão parte da Comissão Dinamizadora do MUSP.

 

Ver carta em ANEXO.

publicado por usmt às 23:25
link do post | favorito
|
Quinta-feira, 16 de Novembro de 2006

Reunião dos Utentes da Saúde em Riachos

(iniciativa conjunta com a Junta Freguesia)

 

CASA do POVO

18 Novembro 2006 (Sábado) 21 horas

++++++++++++++++++++

Análise da situação decorrente da falta de médicos e decidir das medidas a tomar.

publicado por usmt às 01:41
link do post | favorito
|

Reunião dos Utentes da Saúde em Pedrogão

(iniciativa conjunta com a Junta Freguesia)

 

SEDE da BANDA
17 Novembro de 2006

(Sexta)21 horas

++++++++++++++++++++

Análise da situação decorrente da falta de médicos e decidir das medidas a tomar.

 

publicado por usmt às 01:29
link do post | favorito
|

.USMT:Quer nos Conhecer?

  • O que somos
  • Oque fazemos
  • O que defendemos
  • .Vamos criar a Associação de Defesa dos Utentes da Saúde

  • Saber Mais
  • .Leia, Subscreva e Divulgue a Petição ao Senhor Ministro da Saúde Sobre as Novas Taxas Moderadoras Para Internamentos e Cirurgias

  • Petição Movimento de Utentes da Saúde
  • .USMT Mail:

    usaudemt@hotmail.com

    .Abaixo-Assinado

  • Queremos Médicos na Meia Via, Ribeira e Pedrógão
  • .pesquisar

     

    .Jornais Regionais On-Line

  • O Templário
  • Cidade de Tomar
  • O Mirante
  • O Ribatejo
  • Torrejano
  • Almonda
  • O Riachense
  • Entroncamento On-Line
  • Notícias de Fátima
  • .Organizações & Comições

  • MUSS
  • Movimento Utentes Saúde
  • OMS
  • .Posts Recentes

    . Sobre o CHMT

    . Intervir por uma sociedad...

    . Em Janeiro, em Abrantes

    . Comissão de Utentes reune...

    . Pela sua saúde!

    . 1 Dezembro, Dia Mundial c...

    . Sobre o INFARMED (opinião...

    . Sobre as urgências no Méd...

    . A nova Direcção Nacional ...

    . 13º. EN - Declaração "Pel...

    .Arquivos

    . Dezembro 2017

    . Novembro 2017

    . Outubro 2017

    . Setembro 2017

    . Agosto 2017

    . Julho 2017

    . Junho 2017

    . Maio 2017

    . Abril 2017

    . Março 2017

    . Fevereiro 2017

    . Janeiro 2017

    . Dezembro 2016

    . Novembro 2016

    . Outubro 2016

    . Setembro 2016

    . Agosto 2016

    . Julho 2016

    . Junho 2016

    . Maio 2016

    . Abril 2016

    . Março 2016

    . Fevereiro 2016

    . Janeiro 2016

    . Dezembro 2015

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    . Junho 2015

    . Maio 2015

    . Abril 2015

    . Março 2015

    . Fevereiro 2015

    . Janeiro 2015

    . Dezembro 2014

    . Novembro 2014

    . Outubro 2014

    . Setembro 2014

    . Agosto 2014

    . Julho 2014

    . Junho 2014

    . Maio 2014

    . Abril 2014

    . Março 2014

    . Fevereiro 2014

    . Janeiro 2014

    . Dezembro 2013

    . Novembro 2013

    . Outubro 2013

    . Setembro 2013

    . Agosto 2013

    . Julho 2013

    . Junho 2013

    . Maio 2013

    . Abril 2013

    . Março 2013

    . Fevereiro 2013

    . Janeiro 2013

    . Dezembro 2012

    . Novembro 2012

    . Outubro 2012

    . Setembro 2012

    . Agosto 2012

    . Julho 2012

    . Junho 2012

    . Maio 2012

    . Abril 2012

    . Março 2012

    . Fevereiro 2012

    . Janeiro 2012

    . Dezembro 2011

    . Novembro 2011

    . Outubro 2011

    . Setembro 2011

    . Agosto 2011

    . Julho 2011

    . Junho 2011

    . Maio 2011

    . Abril 2011

    . Março 2011

    . Fevereiro 2011

    . Janeiro 2011

    . Dezembro 2010

    . Novembro 2010

    . Outubro 2010

    . Setembro 2010

    . Agosto 2010

    . Julho 2010

    . Junho 2010

    . Maio 2010

    . Abril 2010

    . Março 2010

    . Fevereiro 2010

    . Janeiro 2010

    . Dezembro 2009

    . Novembro 2009

    . Outubro 2009

    . Setembro 2009

    . Agosto 2009

    . Julho 2009

    . Junho 2009

    . Abril 2009

    . Fevereiro 2009

    . Janeiro 2009

    . Dezembro 2008

    . Novembro 2008

    . Outubro 2008

    . Setembro 2008

    . Agosto 2008

    . Julho 2008

    . Junho 2008

    . Maio 2008

    . Abril 2008

    . Março 2008

    . Fevereiro 2008

    . Janeiro 2008

    . Dezembro 2007

    . Outubro 2007

    . Setembro 2007

    . Agosto 2007

    . Julho 2007

    . Maio 2007

    . Abril 2007

    . Março 2007

    . Fevereiro 2007

    . Janeiro 2007

    . Dezembro 2006

    . Novembro 2006

    . Outubro 2006

    blogs SAPO

    .subscrever feeds