Sábado, 24 de Setembro de 2022

SAÚDE: ... afinal nos privados (22)

"... por vezes as pes­soas «não têm noção do quão são afor­tu­nadas por terem o SNS»

Afortunados

Gustavo Carneiro

 

A no­tícia surgiu há dias na im­prensa por­tu­guesa. Luís Mi­guel Car­doso, um pro­fessor de Edu­cação Fí­sica de 52 anos, en­con­trava-se de fé­rias em Nova Iorque quando so­freu um aneu­risma ce­re­bral grave: trans­por­tado para o New York Presby­te­rian Hos­pital, fez um pri­meiro TAC, tendo sido de ime­diato trans­fe­rido para o Weill Cor­nell Me­dical Center, onde foi sub­me­tido a duas in­ter­ven­ções ci­rúr­gicas, re­a­lizou vá­rios exames e ficou in­ter­nado du­rante uma se­mana. En­tre­tanto, já re­gressou a casa, em Santo Tirso, são e salvo.

Porém, este que seria um final feliz ficou de algum modo en­som­brado pela conta do hos­pital: 150 mil euros, dos quais só 30 mil estão co­bertos pelo se­guro de saúde. «É quase como com­prar uma casa», de­sa­bafou a sua en­teada a um jornal na­ci­onal, acres­cen­tando que por vezes as pes­soas «não têm noção do quão são afor­tu­nadas por terem o SNS». Agora, para tentar reunir os res­tantes 120 mil euros, a fa­mília lançou uma cam­panha de fundos pela In­ternet…

Não é caso único, o de Luís Mi­guel, muito pelo con­trário. Se­gundo a ca­deia norte-ame­ri­cana CNBC, nos Es­tados Unidos ul­tra­passam 100 mi­lhões os adultos (41% da po­pu­lação) que têm dí­vidas de saúde: mais de 12% acu­mulam va­lores em falta su­pe­ri­ores a 10 mil dó­lares, en­quanto 63% re­co­nhecem ter sido por isso obri­gados a cortar na ali­men­tação, em ves­tuário e nou­tras ne­ces­si­dades bá­sicas. Destes 100 mi­lhões de pes­soas, quase me­tade gastou todas ou quase todas as suas pou­panças para saldar estas dí­vidas, que em 2019 atin­giam no total uns im­pres­si­o­nantes 195 mil mi­lhões de dó­lares, cerca de 190 mil mi­lhões de euros (nesse mesmo ano, o PIB de Por­tugal rondou os 214 mil mi­lhões…).

A tudo isto acresce o facto de, no início de 2022, es­tarem con­ta­bi­li­zados cerca de 30 mi­lhões de norte-ame­ri­canos sem qual­quer co­ber­tura de se­guro de saúde, ou seja, to­tal­mente pri­vados de as­sis­tência mé­dica.

Mas esta cró­nica não é sobre os li­mites ao di­reito à Saúde nos EUA. Pre­tende, antes, ser um alerta para as con­sequên­cias de deixar nas mãos do ne­gócio pri­vado a con­cre­ti­zação do que de­ve­riam ser ga­ran­tias uni­ver­sais. Um alerta tão mais ur­gente quando em Por­tugal se fra­gi­liza o Ser­viço Na­ci­onal de Saúde e se deixa o campo aberto para os grupos pri­vados cres­cerem e cada vez mais di­tarem os seus termos: hoje, 40% do or­ça­mento pú­blico para a saúde acaba de uma forma ou de outra nos bolsos desses grupos. Em re­sumo, quanto menos SNS houver mais esta pro­porção au­men­tará, e com ela o que os por­tu­gueses pa­garão pelos cui­dados de saúde.

Tem razão a en­teada de Luís Mi­guel Car­doso: somos afor­tu­nados por ter um SNS como aquele que temos. Mas é pre­ciso de­fendê-lo. E salvá-lo.

publicado por usmt às 21:27
link do post | favorito
Sexta-feira, 23 de Setembro de 2022

Pela sua saúde!

22 apanha azeitona.jpg

publicado por usmt às 09:30
link do post | favorito

CAMPANHA DE VACINAÇÃO SAZONAL – COVID-19 E GRIPE

CAMPANHA DE VACINAÇÃO SAZONAL – COVID-19 E GRIPE

 

A campanha de vacinação outono-inverno contra a COVID-19 e a Gripe iniciou-se este mês em Portugal, com o objetivo principal de proteger as pessoas mais vulneráveis.

Prevê-se vacinar cerca de três milhões de pessoas até dezembro.

O processo começou de forma gradual e os primeiros cidadãos a ser chamados à vacinação foram os maiores de 80 anos com comorbilidades. Este processo está a decorrer novamente de forma escalonada, por faixas etárias, avançando à medida que se esgotem os agendamentos na faixa etária mais elevada.

Vacinacao setembro 2022
 

São elegíveis para serem vacinadas as pessoas com 60 ou mais anos de idade, os residentes e profissionais dos lares de idosos e da rede nacional de cuidados continuados, as pessoas a partir dos 12 anos com doenças de risco, as grávidas com 18 ou mais anos e doenças definidas pela Direção-Geral da Saúde. Os profissionais de saúde e outros prestadores de cuidados são também grupos prioritários.

Com uma capacidade semanal de agendamento de cerca de 280 mil pessoas, o dispositivo está distribuído por todo o território continental. Existem 397 pontos de vacinação, dois terços dos quais localizados em centros de saúde e um terço em centros específicos de vacinação.

A vacinação protege. Vacine-se!

publicado por usmt às 09:27
link do post | favorito
Quinta-feira, 22 de Setembro de 2022

Intervenção no Conselho da Comunidade do ACES Médio Tejo, 22 de setembro 2022

ACES mt.jpg

Intervenção no Conselho da Comunidade do ACES Médio Tejo

22 de setembro 2022

Participação da CUSMT

Satisfação por voltar a reunir o Conselho da Comunidade, conforme Regimento, quando se torna ainda mais necessário o envolvimento das comunidades (autarquias, escolas, utentes, IPSS, profissionais, outros níveis de cuidados, como o CHMT) no acompanhamento e na definição de metas, para fortalecer o Serviço Nacional de Saúde.

A prestação de cuidados de saúde no Médio Tejo, como em todo o País, vive situações de extrema exigência, que exigem o reforço do Serviço Nacional de Saúde para que possa prestar mais e melhores cuidados de saúde de qualidade e proximidade.

A CUSMT, sempre acompanhou a atividade e as dificuldades do ACES Médio Tejo, manifestou a sua solidariedade e apoio possíveis aos seus dirigentes e profissionais, manteve contactos e reuniões com a sua Direção, com quem sempre procurou encontrar soluções para tentar salvaguardar a saúde da população.

Assumindo as nossas responsabilidades para com a população e reafirmando a necessidade de reforço do SNS na defesa de cuidados de saúde de qualidade e proximidade, para toda a população, defendemos:

Saúde Publica

Que as vantagens da saúde pública são para o bem-estar geral da população, mas também possibilitam ganhos materiais e financeiros para o Serviço Nacional de Saúde e para o país no seu todo. Urge, portanto, dotar estes serviços de meios materiais e humanos para que possam desenvolver cabalmente a sua atividade.

Cuidados Primários

Que os cuidados primários, de proximidade e qualidade são fundamentais para a manutenção da saúde em geral e podem ajudar a desimpedir as urgências hospitalares, facilitando assim o acesso a quem mais precisa delas e contribuir para uma melhor prestação de cuidados hospitalares. Sabe-se que não têm sido criadas condições necessárias para cativar os profissionais de saúde para o SNS, o que também tem dificultado a existência de recursos humanos necessários ao cabal funcionamento mas, torna-se indispensável fazê-lo com a maior urgência para que: todos os utentes tenham médico de família e consultas presenciais de acordo com as regras estabelecidas; sejam reabertas as Extensões encerradas ou sem funcionamento; reforço e criação de novas UCC;    existam e funcionem Unidades Móveis de Saúde; haja extensão de horários em algumas Unidades de Saúde; sejam adotadas regras de funcionamento similares em todas as unidades de saúde para que não haja utentes de 1ª e de 2ª; se recupere progressivamente o acompanhamento de todas as patologias e incentive os rastreios e o Plano Nacional de Vacinação; se reforce a Humanização dos cuidados de saúde; na era da comunicação e dos avanços tecnológicos digitais, se faça a ligação técnica e digital adequada entre as diversas unidades do Serviço Nacional de Saúde.

Consultórios de Dentistas nos Centros de Saúde

Que a medicina oral é uma das faltas muito sentidas pelos utentes, no Serviço Nacional de Saúde. No Aces Médio Tejo já existem instalações e equipamentos instalados nos 12 Centros de Saúde que este ACES integra. Contudo, apenas 5 estão a funcionar, estando os restantes a aguardar a contratação de profissionais para poderem funcionar. Estamos informados das dificuldades que a ARS tem tido em contratar e reter Médicos Dentistas e que “Reconhecida a dificuldade encontram-se a ser envidados esforços no sentido de ultrapassar essa dificuldade”. Ficamos na expectativa que os esforços envidados tenham sucesso e possam resolver a situação com a brevidade possível.

Recursos Humanos

Como temos afirmado, a saúde é o bem mais importante do ser humano e por isso deve ser a medida para avaliar do progresso e bem-estar de uma comunidade.

Para que o ACES Médio Tejo possa contribuir para esse progresso e bem-estar é indispensável que se reponham com urgência os Recursos Humanos em falta, que desde há muito não são suficientes para responder às necessidades dos utentes, e se criem condições para cativar e reter mais profissionais (médicos, enfermeiros, assistentes técnicos e operacionais) com boa organização, valorização profissional e salarial, para se poder reforçar e desenvolver o Serviço Nacional de Saúde e melhorar os cuidados de saúde primários.

Pandemia de COVID 19

Em Portugal e no Médio Tejo, os dados indicam grandes melhorias comparativas com igual período do ano anterior, para o que muito contribuiu a adoção de medidas de prevenção e também o grande implemento no processo de vacinação. Mas com o aproximar do Outono e do Inverno e a redução de procedimentos de segurança sanitária podemos estar sujeitos a algum aumento, principalmente no número de infetados. Situação que exige a responsabilidade de todos para continuar com medidas de prevenção e com o processo de vacinação, que já se iniciou, para controlar e acabar com a pandemia.

.................................

A CUSMT continuará a dirigir os seus esforços para a informação, organização e mobilização das populações, manterá os contactos com as entidades responsáveis pela definição e a prática das políticas de saúde, defenderá a implementação de mais cuidados de saúde de proximidade e de qualidade no Médio Tejo, para o que é fundamental a intervenção das populações, a quem verdadeiramente se dirigem os cuidados de saúde

publicado por usmt às 11:07
link do post | favorito

1 outubro - 52º aniversário da CGTP

22 cgtp 52 anos.jpg

publicado por usmt às 11:04
link do post | favorito
Terça-feira, 20 de Setembro de 2022

Pela sua saúde!

22 apanha azeitona.jpg

publicado por usmt às 18:26
link do post | favorito

21 setembro - DIA MUNDIAL DOENÇA ALZHEIMER

22 alzheimer.jpg

publicado por usmt às 18:22
link do post | favorito

21 setembro - DIA INTERNACIONAL DA PAZ

22 paz.jpg

publicado por usmt às 18:21
link do post | favorito

Saúde... e telecomunicações

Guia ''Eco-segurança e Redes Móveis: Factos, dados e desafios sobre saúde e sustentabilidade''

ANACOM publica guia sobre impacto das redes móveis na saúde e no ambiente

O novo guia da ANACOM “Eco-segurança e Redes Móveis: Factos, dados e desafios sobre saúde e sustentabilidade” pretende clarificar o tema da eco-segurança das redes móveis, ou seja, o seu impacto na saúde humana e no equilíbrio ambiental.
Este documento revê, atualiza e expande uma base de informação já compilada e divulgada em 2020, no guia “Redes móveis e saúde - factos, dados e desafios''.

As constantes inovações na área das tecnologias de comunicação estão, e devem permanecer, sob escrutínio dado que são muitas vezes associadas a dúvidas ou controvérsias sobre os seus riscos e o impacto na população e no ecossistema global.

A sensibilização para as interações entre as tecnologias e a envolvente, bem como a evolução das formas de regular estes sistemas interligados é um sempre renovado desafio a que a ANACOM procura corresponder.

Neste guia, damos resposta a 22 questões sobre tópicos emergentes relacionados com segurança humana e ambiental das redes de comunicações eletrónicas. Engloba ainda um conjunto de caixas temáticas que complementam a informação sobre alguns assuntos específicos, figuras ilustrativas e um glossário que faz o inventário de 15 conceitos-chave e instituições.

Consulte a publicação e encontre respostas com base em conhecimento científico a perguntas como:

  • Há evidências que as frequências utilizadas pelo 5G representem um perigo para a saúde?
  • A ANACOM investigou os eventuais riscos antes do lançamento comercial do 5G?
  • No concreto como é que a ANACOM vai ao terreno para verificar possíveis casos de risco?
  • Qual o impacto do 5G na sustentabilidade ambiental?

Consulte:

publicado por usmt às 18:18
link do post | favorito
Sábado, 17 de Setembro de 2022

28 setembro - Reunião Comissão de Utentes

22 reun cartaz.jpg

publicado por usmt às 19:40
link do post | favorito

.USMT:Quer nos Conhecer?

  • O que somos
  • Oque fazemos
  • O que defendemos
  • .Vamos criar a Associação de Defesa dos Utentes da Saúde

  • Saber Mais
  • .Leia, Subscreva e Divulgue a Petição ao Senhor Ministro da Saúde Sobre as Novas Taxas Moderadoras Para Internamentos e Cirurgias

  • Petição Movimento de Utentes da Saúde
  • .USMT Mail:

    usaudemt@gmail.com

    .Abaixo-Assinado

  • Queremos Médicos na Meia Via, Ribeira e Pedrógão
  • .pesquisar

     

    .Jornais Regionais On-Line

  • O Templário
  • Cidade de Tomar
  • O Mirante
  • O Ribatejo
  • Torrejano
  • Almonda
  • O Riachense
  • Entroncamento On-Line
  • Notícias de Fátima
  • .Organizações & Comissões

    MUSS Movimento Utentes Saúde OMS

    .Posts Recentes

    . SAÚDE: ... afinal nos pri...

    . Pela sua saúde!

    . CAMPANHA DE VACINAÇÃO SAZ...

    . Intervenção no Conselho d...

    . 1 outubro - 52º aniversár...

    . Pela sua saúde!

    . 21 setembro - DIA MUNDIAL...

    . 21 setembro - DIA INTERNA...

    . Saúde... e telecomunicaçõ...

    . 28 setembro - Reunião Com...

    .Arquivos

    . Setembro 2022

    . Agosto 2022

    . Julho 2022

    . Junho 2022

    . Maio 2022

    . Abril 2022

    . Março 2022

    . Fevereiro 2022

    . Janeiro 2022

    . Dezembro 2021

    . Novembro 2021

    . Outubro 2021

    . Setembro 2021

    . Agosto 2021

    . Julho 2021

    . Junho 2021

    . Maio 2021

    . Abril 2021

    . Março 2021

    . Fevereiro 2021

    . Janeiro 2021

    . Dezembro 2020

    . Novembro 2020

    . Outubro 2020

    . Setembro 2020

    . Agosto 2020

    . Julho 2020

    . Junho 2020

    . Maio 2020

    . Abril 2020

    . Março 2020

    . Fevereiro 2020

    . Janeiro 2020

    . Dezembro 2019

    . Novembro 2019

    . Outubro 2019

    . Setembro 2019

    . Agosto 2019

    . Julho 2019

    . Junho 2019

    . Maio 2019

    . Abril 2019

    . Março 2019

    . Fevereiro 2019

    . Janeiro 2019

    . Dezembro 2018

    . Novembro 2018

    . Outubro 2018

    . Setembro 2018

    . Agosto 2018

    . Julho 2018

    . Junho 2018

    . Maio 2018

    . Abril 2018

    . Março 2018

    . Fevereiro 2018

    . Janeiro 2018

    . Dezembro 2017

    . Novembro 2017

    . Outubro 2017

    . Setembro 2017

    . Agosto 2017

    . Julho 2017

    . Junho 2017

    . Maio 2017

    . Abril 2017

    . Março 2017

    . Fevereiro 2017

    . Janeiro 2017

    . Dezembro 2016

    . Novembro 2016

    . Outubro 2016

    . Setembro 2016

    . Agosto 2016

    . Julho 2016

    . Junho 2016

    . Maio 2016

    . Abril 2016

    . Março 2016

    . Fevereiro 2016

    . Janeiro 2016

    . Dezembro 2015

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    . Junho 2015

    . Maio 2015

    . Abril 2015

    . Março 2015

    . Fevereiro 2015

    . Janeiro 2015

    . Dezembro 2014

    . Novembro 2014

    . Outubro 2014

    . Setembro 2014

    . Agosto 2014

    . Julho 2014

    . Junho 2014

    . Maio 2014

    . Abril 2014

    . Março 2014

    . Fevereiro 2014

    . Janeiro 2014

    . Dezembro 2013

    . Novembro 2013

    . Outubro 2013

    . Setembro 2013

    . Agosto 2013

    . Julho 2013

    . Junho 2013

    . Maio 2013

    . Abril 2013

    . Março 2013

    . Fevereiro 2013

    . Janeiro 2013

    . Dezembro 2012

    . Novembro 2012

    . Outubro 2012

    . Setembro 2012

    . Agosto 2012

    . Julho 2012

    . Junho 2012

    . Maio 2012

    . Abril 2012

    . Março 2012

    . Fevereiro 2012

    . Janeiro 2012

    . Dezembro 2011

    . Novembro 2011

    . Outubro 2011

    . Setembro 2011

    . Agosto 2011

    . Julho 2011

    . Junho 2011

    . Maio 2011

    . Abril 2011

    . Março 2011

    . Fevereiro 2011

    . Janeiro 2011

    . Dezembro 2010

    . Novembro 2010

    . Outubro 2010

    . Setembro 2010

    . Agosto 2010

    . Julho 2010

    . Junho 2010

    . Maio 2010

    . Abril 2010

    . Março 2010

    . Fevereiro 2010

    . Janeiro 2010

    . Dezembro 2009

    . Novembro 2009

    . Outubro 2009

    . Setembro 2009

    . Agosto 2009

    . Julho 2009

    . Junho 2009

    . Abril 2009

    . Fevereiro 2009

    . Janeiro 2009

    . Dezembro 2008

    . Novembro 2008

    . Outubro 2008

    . Setembro 2008

    . Agosto 2008

    . Julho 2008

    . Junho 2008

    . Maio 2008

    . Abril 2008

    . Março 2008

    . Fevereiro 2008

    . Janeiro 2008

    . Dezembro 2007

    . Outubro 2007

    . Setembro 2007

    . Agosto 2007

    . Julho 2007

    . Maio 2007

    . Abril 2007

    . Março 2007

    . Fevereiro 2007

    . Janeiro 2007

    . Dezembro 2006

    . Novembro 2006

    . Outubro 2006

    blogs SAPO

    .subscrever feeds