Terça-feira, 1 de Março de 2011

Nota da CUSMT sobre os muitos mails recebidos a propósito do "Protesto da Geração À Rasca"

Só um esclarecimento:
 
Acha esta Comissão de Utentes que são bem vindas todas as iniciativas que promovam a participação activa dos cidadãos no protesto pela actual situação socio-politica e na reivindicação de uma sociedade mais justa.
 
No entanto, não podemos concordar com "Nós, que até agora compactuámos com esta condição".
 
Alto lá! A CUSMT não faz parte dos que (até contra nós) têm apoiado os responsáveis pelo estado a que chegámos. No sector da saúde, sempre protestámos, informámos e mobilizámos as populações, alertámos os responsáveis, apresentámos propostas!
 
Bem vindos os que só agora chegam ao exercício da cidadania e à luta! Mais vale tarde do que nunca!
 
Estamos de braços abertos à colaboração na denúncia do que está mal no presente, na nomeação e afastamento dos responsáveis (p.e. o Governo e a maioria parlamentar que o apoia) e na construção de uma nova e mais justa sociedade.
 
Obrigado

 

publicado por usmt às 21:23
link do post | favorito

Autarcas preocupados e muitos utentes a sofrer

Autarcas de Abrantes e Sardoal estão preocupados com falta de médicos
A falta de médicos de clínica geral está a preocupar os autarcas de Abrantes e de Sardoal, que consideram a situação “dramática” e afirmam que, em termos de acesso a cuidados médicos de saúde primários, “pior não é possível”.
No concelho de Abrantes, com 19 freguesias e perto de 42 mil habitantes, dos 30 médicos de família previstos apenas 11 estão ao serviço. No vizinho concelho de Sardoal, com quatro freguesias e onde habitam cerca de 4.000 pessoas, a população está sem um único dos três médicos de clínica geral que ali deveriam prestar cuidados de saúde.
Sem acesso directo a cuidados de saúde primários e com uma população envelhecida, à comunidade de Sardoal resta a alternativa de recorrer ao Centro de Saúde de Abrantes, a cerca de 20 quilómetros, e também ele com problemas na prestação de serviços médicos à sua população.
A utente Rosa Ramos, de 54 anos, disse à Lusa que o problema “é grave”, lembrado que no centro de saúde de Sardoal, desde o final de 2010, “presta-se apenas o serviço de receituário e de enfermagem”.
Segundo esta residente, a alternativa mais próxima é em Abrantes, alertando, no entanto, que, na falta de transportes públicos, uma deslocação implica ter viatura própria ou alugar um táxi, o que “não é fácil” para as pessoas mais idosas.
Já José Faria, de 63 anos, considera que as gentes de Sardoal estão a viver uma tragédia.
“As pessoas têm de ir para Abrantes, mas lá parece que também não há médicos. É uma tragédia, porque custa muito dinheiro, mas se eu tiver de recorrer a um médico se calhar terei de ir a Lisboa”, afirmou.
Miguel Borges, vice-presidente da Câmara Municipal de Sardoal, disse à Lusa que o concelho “bateu no fundo” em termos de prestação de cuidados médicos, acrescentando que “pior não é possível”.
De acordo com o autarca, “nem os três profissionais de saúde previstos para servir a população seriam suficientes”, tendo em conta o seu envelhecimento e a necessidade de outro tipo de cuidados, como os de saúde mental.
Para a presidente da Câmara de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, a situação é “dramática”.
Esta autarca disse à agência Lusa estar na expetativa da chegada de médicos oriundos de países sul-americanos para minimizar as lacunas existentes.
Enquanto isso, a autarca disse que vai investir este ano na aquisição de duas unidades móveis de saúde para chegar às populações mais isoladas.
Por seu turno, Manuel Soares, porta-voz da Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo (CUSMT), que abarca uma sub-região com 15 municípios e 180 mil pessoas, defendeu a criação de “medidas de excepção”, nem que isso implique o recurso à contratação de médicos estrangeiros.
“Para situações extraordinárias, medidas extraordinárias”, vincou.
Fernando Siborro, diretor executivo do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Zêzere, disse à Lusa que é “impossível solucionar a questão”, porque “os [médicos] que deixaram de trabalhar por motivos de serviço, de aposentações e de saúde, não têm quem os substitua”.
Segundo este responsável, “anunciam-se dias mais difíceis, porque há muitos médicos que se vão reformar nos próximos tempos e não vai haver novos profissionais para os substituir a curto, ou mesmo médio prazo”.
*Lusa
---------------------------------------------------------------------------
publicado por usmt às 13:22
link do post | favorito

.USMT:Quer nos Conhecer?

  • O que somos
  • Oque fazemos
  • O que defendemos
  • .Vamos criar a Associação de Defesa dos Utentes da Saúde

  • Saber Mais
  • .Leia, Subscreva e Divulgue a Petição ao Senhor Ministro da Saúde Sobre as Novas Taxas Moderadoras Para Internamentos e Cirurgias

  • Petição Movimento de Utentes da Saúde
  • .USMT Mail:

    usaudemt@hotmail.com

    .Abaixo-Assinado

  • Queremos Médicos na Meia Via, Ribeira e Pedrógão
  • .pesquisar

     

    .Jornais Regionais On-Line

  • O Templário
  • Cidade de Tomar
  • O Mirante
  • O Ribatejo
  • Torrejano
  • Almonda
  • O Riachense
  • Entroncamento On-Line
  • Notícias de Fátima
  • .Organizações & Comições

  • MUSS
  • Movimento Utentes Saúde
  • OMS
  • .Posts Recentes

    . Preparar as reuniões com ...

    . COVID: um passado doloros...

    . Mas, no CHMT e noutras un...

    . 11 abril: DIA MUNDIAL DA ...

    . Reforço consequente do SN...

    . No combate à COVID-19 tod...

    . CHMT: UNIDADE DE HOSPITAL...

    . CHMT: NOMEADA NOVA DIRETO...

    . 7 abril: DIA MUNDIAL DA S...

    . 2021 – Ano Internacional ...

    .Arquivos

    . Abril 2021

    . Março 2021

    . Fevereiro 2021

    . Janeiro 2021

    . Dezembro 2020

    . Novembro 2020

    . Outubro 2020

    . Setembro 2020

    . Agosto 2020

    . Julho 2020

    . Junho 2020

    . Maio 2020

    . Abril 2020

    . Março 2020

    . Fevereiro 2020

    . Janeiro 2020

    . Dezembro 2019

    . Novembro 2019

    . Outubro 2019

    . Setembro 2019

    . Agosto 2019

    . Julho 2019

    . Junho 2019

    . Maio 2019

    . Abril 2019

    . Março 2019

    . Fevereiro 2019

    . Janeiro 2019

    . Dezembro 2018

    . Novembro 2018

    . Outubro 2018

    . Setembro 2018

    . Agosto 2018

    . Julho 2018

    . Junho 2018

    . Maio 2018

    . Abril 2018

    . Março 2018

    . Fevereiro 2018

    . Janeiro 2018

    . Dezembro 2017

    . Novembro 2017

    . Outubro 2017

    . Setembro 2017

    . Agosto 2017

    . Julho 2017

    . Junho 2017

    . Maio 2017

    . Abril 2017

    . Março 2017

    . Fevereiro 2017

    . Janeiro 2017

    . Dezembro 2016

    . Novembro 2016

    . Outubro 2016

    . Setembro 2016

    . Agosto 2016

    . Julho 2016

    . Junho 2016

    . Maio 2016

    . Abril 2016

    . Março 2016

    . Fevereiro 2016

    . Janeiro 2016

    . Dezembro 2015

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    . Junho 2015

    . Maio 2015

    . Abril 2015

    . Março 2015

    . Fevereiro 2015

    . Janeiro 2015

    . Dezembro 2014

    . Novembro 2014

    . Outubro 2014

    . Setembro 2014

    . Agosto 2014

    . Julho 2014

    . Junho 2014

    . Maio 2014

    . Abril 2014

    . Março 2014

    . Fevereiro 2014

    . Janeiro 2014

    . Dezembro 2013

    . Novembro 2013

    . Outubro 2013

    . Setembro 2013

    . Agosto 2013

    . Julho 2013

    . Junho 2013

    . Maio 2013

    . Abril 2013

    . Março 2013

    . Fevereiro 2013

    . Janeiro 2013

    . Dezembro 2012

    . Novembro 2012

    . Outubro 2012

    . Setembro 2012

    . Agosto 2012

    . Julho 2012

    . Junho 2012

    . Maio 2012

    . Abril 2012

    . Março 2012

    . Fevereiro 2012

    . Janeiro 2012

    . Dezembro 2011

    . Novembro 2011

    . Outubro 2011

    . Setembro 2011

    . Agosto 2011

    . Julho 2011

    . Junho 2011

    . Maio 2011

    . Abril 2011

    . Março 2011

    . Fevereiro 2011

    . Janeiro 2011

    . Dezembro 2010

    . Novembro 2010

    . Outubro 2010

    . Setembro 2010

    . Agosto 2010

    . Julho 2010

    . Junho 2010

    . Maio 2010

    . Abril 2010

    . Março 2010

    . Fevereiro 2010

    . Janeiro 2010

    . Dezembro 2009

    . Novembro 2009

    . Outubro 2009

    . Setembro 2009

    . Agosto 2009

    . Julho 2009

    . Junho 2009

    . Abril 2009

    . Fevereiro 2009

    . Janeiro 2009

    . Dezembro 2008

    . Novembro 2008

    . Outubro 2008

    . Setembro 2008

    . Agosto 2008

    . Julho 2008

    . Junho 2008

    . Maio 2008

    . Abril 2008

    . Março 2008

    . Fevereiro 2008

    . Janeiro 2008

    . Dezembro 2007

    . Outubro 2007

    . Setembro 2007

    . Agosto 2007

    . Julho 2007

    . Maio 2007

    . Abril 2007

    . Março 2007

    . Fevereiro 2007

    . Janeiro 2007

    . Dezembro 2006

    . Novembro 2006

    . Outubro 2006

    blogs SAPO

    .subscrever feeds