Sábado, 7 de Novembro de 2020

18 de Novembro, Reunião Comissão de Utentes

0 reun cartaz.jpg

 

publicado por usmt às 14:22
link do post | favorito

CHMT/TORRES NOVAS: servir as pessoas e dignificar o SNS e a Região do Médio Tejo

NEFROLOGIA DO CHMT ALARGA ÂMBITO DE REFERENCIAÇÃO

 

O Serviço de Nefrologia do Centro Hospitalar do Médio Tejo viu a sua área de influência alargada no âmbito da recente aprovação da rede nacional de referenciação de especialidade de Nefrologia para o ACES do Oeste Norte, Lezíria e Norte Alentejano.

 

O despacho de aprovação propõe ainda que o Hospital de Leiria passe a encaminhar os seus doentes referenciando-os igualmente para o Centro Hospitalar do Médio Tejo.

No Despacho do Secretário de estado pode ler-se o seguinte:

“A referenciação urgente e de ambulatório da parte norte do ACES Oeste Norte (pertencente à ARSLVT mas articulando-se em situação de urgência com o H. de Leiria) deverá passar a ser realizada igualmente para o Centro Hospitalar de Médio Tejo (CHMT) e não apenas para o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC). O CHMT possui Serviço de Nefrologia com uma Unidade de Hemodiálise (recentemente ampliada) e tem potencial para crescimento da sua atividade assistencial podendo ser, desde já, e igualmente, uma alternativa para o acompanhamento dos doentes da zona sul do distrito de Leiria. Será de equacionar a criação de um polo assistencial de Nefrologia no HD de Leiria, em articulação com o CHUC e o CHMT”.

Para Carlos Andrade Costa, presidente do Conselho de Administração, “o papel atribuído ao CHMT na versão final da rede de referenciação hospitalar de Nefrologia traduz a crescente consciência da qualidade clínica do Centro Hospitalar como um todo e, no caso em concreto, das potencialidades do Serviço de Nefrologia. Serviço que tem sido uma aposta clara deste Conselho de Administração reconhecendo-lhe o potencial para ir para além das fronteiras específicas do Centro Hospitalar do Médio Tejo. O passo imediato continuará a ser o aumento do número de médicos nefrologistas de forma a potenciar dada vez mais a importância clinica deste serviço”.

Também Ana Vila Lobos, diretora do Serviço de Nefrologia do CHMT, considera esta ampliação muito importante para o serviço e garante a “disponibilidade total para aceitar estes novos doentes”.

Ana Vila Lobos acrescenta ainda que “o encerramento da urgência da Nefrologia no Hospital dos Covões, desde o dia um de Agosto, é uma oportunidade para que possamos estar na linha da frente e temos capacidade instalada e disponibilidade para receber mais doentes. O próprio Hospital Distrital de Leiria pode articular-se connosco, dada a proximidade geográfica, minimizando constrangimentos aos doentes”.

Nefrologia de Transição Pediátrica para jovens com mais de 15 anos no CHMT  - Saúde Online

Aliás o Serviço vai realizar apresentações nos diferentes ACES para promover a sua disponibilidade e dar a conhecer o seu funcionamento, dinâmica e instalações.

Cristina Gonçalves, diretora Clínica do Centro Hospitalar do Médio Tejo, acrescenta que este “tem vindo a reforçar a sua importância enquanto entidade capaz de responder às necessidades e expectativas dos utentes não só da sua área tradicional de influência mas também de outras”.

A diretora clínica reforça ainda que “para além deste alargamento da área de referenciação de Nefrologia, estamos a ser solicitados para o acompanhamento de pessoas com Diabetes e Obesidade do concelho de Alvaiázere e esperamos iniciar em breve um protocolo com a Unidade Local de Saúde de Castelo Branco na área da Imunohemoterapia”, sublinhando que os profissionais do CHMT “têm correspondido a estes desafios com entusiasmo e grande espirito de dedicação”, conclui Cristina Gonçalves.

Rede de Referenciação Hospitalar aprovada para a especialidade de Nefrologia

publicado por usmt às 12:16
link do post | favorito

CHMT/TOMAR: servir as pessoas e dignificar o SNS e a Região do Médio Tejo

CHMT AUTÓNOMO NA REALIZAÇÃO DE TESTES AO COVID-19

 

O Serviço de Patologia do Centro Hospitalar do Médio Tejo realizou, neste período de Pandemia pelo novo coronavírus, Sars-Cov 2, cerca de sete mil e quinhentos testes ao Covid – 19.


Este registo foi apresentado esta manhã, pelo diretor do Serviço de Patologia, Carlos Cortes, durante uma visita ao laboratório da presidente da Câmara Municipal de Tomar, Anabela Freitas, acompanhada pelos elementos do Conselho de Administração do CHMT.

Médio Tejo | Laboratório do CHMT testa colheitas covid-19 da Região de  Lisboa | Médio Tejo
 

O Serviço de Patologia, do Centro Hospitalar do Médio Tejo, é um dos mais diferenciados do país, sendo nas palavras de Carlos Andrade Costa, presidente do Conselho de Administração do CHMT, “um dos serviços que mais esteve na linha da frente no combate ao Covid-19. Temos um laboratório dos mais diferenciados, um laboratório onde fizemos um conjunto de investimentos, em equipamentos de vanguarda, que nos permite responder cada vez melhor a esta situação de Pandemia”.

Carlos Cortes, diretor do Serviço de Patologia do CHMT, refere a capacidade diferenciadora dos laboratórios, destacando que o “Serviço tem feito colheitas não só na área territorial do Médio Tejo, como temos ido para além desta área. Ainda esta semana estivemos em Vila de Rei e Sertã”, disse.
O diretor do Serviço de Patologia frisou ainda que “o laboratório está altamente diferenciado. Muitos hospitais do país não dão, ainda, resposta ao Covid-19. O CHMT dá essa resposta e fá-lo de duas formas: através da biologia molecular clássica, que é a mesma que se faz, por exemplo, no Instituto Ricardo Jorge, mas também através da biologia molecular mais rápida, que são os chamados testes rápidos”, explica Carlos Cortes.

O Serviço de Patologia, no âmbito da resposta que foi necessária dar à Pandemia, foi reorganizado, quer com a implementação de novos circuitos, quer através do aumento de recursos humanos. Neste momento conta com uma equipa formada por cerca de 70 profissionais de saúde.
“Tivemos a oportunidade de conseguir contratar mais recursos humanos, o que nos permitiu dar uma resposta excelente ao Covid-19 e, ao mesmo tempo, manter toda a outra atividade laboratorial”, frisou Carlos Cortes, garantindo que “não houve nenhuma falha”.

Anabela Freitas, presidente da Câmara Municipal de Tomar, no final desta visita ao Serviço de Patologia do CHMT, mostrou-se “agradada”, considerando que “o CHMT preparou-se em tempo para esta Pandemia. Desde Janeiro que começou a preparar e a reorganizar serviços e circuitos para aquilo que nenhum de nós sabia o que viria”, lembrou Anabela Freitas.

A presidente da autarquia Tomarense realçou o “trabalho em parceria com as outras instituições do território” realizado pelo CHMT, afirmando que “o CHMT esteve sempre na linha da frente. O CHMT aproveitou esta situação excepcional para se preparar também para o futuro, através de equipamentos de excelência e de equipas altamente diferenciadas”, sublinhou Anabela Freitas.
A presidente da Câmara Municipal de Tomar, mas também presidente da CIMT (Comunidade Inter Municipal do Médio Tejo), aproveitou a ocasião para “agradecer a todos os profissionais do Centro Hospitalar de Médio Tejo que estiveram em todo o território da Comunidade do Médio Tejo”.

publicado por usmt às 12:15
link do post | favorito

CHMT/ABRANTES: servir as pessoas e dignificar o SNS e a Região do Médio Tejo

Imagem.jpg

Imagem (2).jpg

Imagem (3).jpg

 

publicado por usmt às 12:15
link do post | favorito
Sexta-feira, 6 de Novembro de 2020

SOBRE AS MEDIDAS DO CHMT de reorganização da prestação de cuidados de saúde (no âmbito do nível 2 do Plano Contingência Outono/Inverno)

0 chmt nivel 2.jpg

 

publicado por usmt às 13:26
link do post | favorito

CHMT ativa nível 2 do Plano de Contingência à Covid -19

(Texto do comunicado do CA do CHMT)

CHMT ATIVA NÍVEL 2 DO PLANO DE CONTINGÊNCIA À COVID -19

 

Face ao atual crescimento da incidência da COVID-19, o Ministério da Saúde emitiu um Despacho para garantir a melhor coordenação e articulação de resposta às necessidades, equilibrando a assistência regional e inter-regional.


Neste Despacho, emitido ao final da tarde de terça-feira dia 3 de novembro, as medidas contemplam que os hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) garantam a ativação do nível dos planos de contingência institucionais, previamente aprovados, para assegurar a resposta às necessidades epidemiológicas locais, equilibrando o esforço assistencial regional e inter-regional.

Estas medidas passam pela avaliação de suspensão, durante o mês de novembro de 2020, da atividade assistencial não urgente que, pela sua natureza ou prioridade clínica, não implique risco de vida para os utentes, limitação do seu prognóstico e/ou limitação de acesso a tratamentos periódicos ou de vigilância.

Na sequência do referido despacho ministerial foi atribuída ao CHMT, EPE, uma lotação de 197 camas para doentes Covid.

O Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE perante este recente Despacho da Tutela, e de forma muito serena, muito tranquila, mas também muito responsável, reuniu de imediato o grupo de trabalho criado a 13 de março, para em conjunto com o Conselho de Administração concretizar as melhores soluções organizacionais e assistenciais para fazer face a esta nova realidade pandémica.

Da articulação desenvolvida entre o Conselho de Administração e o referido grupo de trabalho, nos últimos dois dias, saiu o reforço de todo o planeamento que havia sido desenvolvido para fazer face ao primeiro inverno pandémico, ativando desde já, o nível 2 do Plano de Contingência à Covid-19.

Com a ativação do nível 2 do Plano de Contingência à Covid-19 fica aumentada a capacidade de camas em enfermaria Covid que pode chegar a um total de 197 camas para doentes para Covid-19, conforme orientação recebida da tutela.

A capacidade de camas de Cuidados Intensivos pode ir até às 32 camas no Serviço de Medicina Intensiva.

Esta reorganização temporária, que deriva da implementação das orientações agora recebidas da tutela, visa maximizar a capacidade de resposta assistencial aos doentes covid e não covid, de forma a que nenhuma situação clínica fique sem o devido acompanhamento assistencial.

O Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, vai retomar algumas das medidas adotadas durante a primeira fase da Pandemia e, ainda, acrescer outras medidas que resultam da orientação agora transmitida da articulação inter-regional, ao abrigo da qual é atribuída ao CHMT uma capacidade para internamento de doentes Covid-19 até às referidas 197 camas.

O CHMT, EPE desde sempre mostrou uma enorme solidariedade e disponibilidade para receber doentes de outros hospitais do SNS em momentos críticos para essas outras entidades hospitalares. Essa disponibilidade e solidariedade nunca colocaram em causa a capacidade assistencial aos doentes covid da área de influência do Médio Tejo e, o mesmo, continuará a ser assegurado neste novo quadro organizativo temporário, que se espera que venha a durar até ao final do próximo mês de fevereiro.

Alteração dos horários do Serviço de Urgência Básica

Face à alteração do Plano estratégico transmitido dia 3 de novembro aos hospitais, o CHMT, EPE recuperará, como acima referido, algumas das medidas já adotadas na primeira fase da Pandemia, nomeadamente, a alteração dos horários do Serviço de Urgência Básica.

Decorrente da necessidade de alocar recursos humanos nos cuidados diretos a doentes com infeção por Sars-Cov-2 e todos os outros doentes não covid, decidiu o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, alterar os horários de funcionamento dos dois Serviços de Urgência Básica, encerrando os mesmos nos períodos noturnos, entre as 24h00 e as 08h00. A admissão de doentes encerrará a essas mesmas Urgências Básicas às 21h00.

Esta alteração entrará em vigor na próxima sexta-feira, dia 6 de novembro, altura em que as duas urgências básicas encerrarão às 24h00.

Os utentes que necessitem de recorrer ao Serviço de Urgência do CHMT, EPE, entre a 00h00 e as 08h00, devem dirigir-se ao Serviço de Urgência Médico-Cirúrgica.

O encerramento noturno dos dois Serviços de Urgência Básica do Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE não compromete a assistência à população, uma vez que se mantêm em funcionamento, 24h00 sobre 24h00, o Serviço de Urgência Médico-cirúrgica, o Serviço de Urgência Pediátrica e o Serviço de Urgência de Obstetrícia.

Consultas externas

No que concerne à atividade assistencial, em particular no respeitante à realização de consultas estas devem seguir a tipologia não presencial, via telefone ou via teleconsulta, desde que tal se revele adequado às circunstâncias clínicas do doente.

Autoproteção de profissionais do CHMT

Qualquer profissional que exerça funções no CHMT, independente do seu vínculo contratual, deve reforçar as medidas de autoproteção, quer em contexto profissional, quer em contexto pessoal. Os profissionais devem pautar-se pelo grau mais elevado de proteção, adotando comportamentos preventivos de risco de forma a evitar a contaminação por SARS-CoV-2, devendo evitar situações de convívio social/familiar alargado e, restringindo os seus contactos e mobilidade ao estritamente necessário.

Qualquer profissional que exerça funções no CHMT, independentemente do seu vínculo contratual, poderá solicitar por sua iniciativa a realização de teste ao SARS-CoV-2.

Estas medidas temporárias, agora decididas, foram transmitidas aos Senhores Presidentes de Câmara, dos Municípios de Abrantes, Tomar e Torres Novas, cidades onde estão instaladas as três Unidades do CHMT, que prontamente demonstraram a sua compreensão e disponibilidade para o que for necessário, tendo demonstrado toda a solidariedade para este momento de reorganização temporária dos Serviços no âmbito da atual fase da pandemia.

Reforça-se que estas medidas temporárias visam a proteção de doentes e profissionais do Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, no âmbito da pandemia do novo Coronavírus e manter-se-ão enquanto se justifique, podendo ser alteradas em virtude do evoluir da situação em curso. Em particular na articulação inter-regional proposta no recente despacho de dia 3 de novembro que aumenta a capacidade até 197 camas para doentes Covid-19 no Centro Hospitalar do Médio Tejo.

CH Médio Tejo abriu várias bolsas de recrutamento

publicado por usmt às 07:36
link do post | favorito
Quinta-feira, 5 de Novembro de 2020

Informação útil

0 covid.jpg

 

publicado por usmt às 09:16
link do post | favorito
Segunda-feira, 2 de Novembro de 2020

GESTOS SIMPLES contra a Covid-19

0 gestos simples.jpg

 

publicado por usmt às 19:11
link do post | favorito
Domingo, 1 de Novembro de 2020

COVID-19: medidas mais restritivas em 121 concelhos (ver LISTA e MEDIDAS)

121-concelhos-01.jpg

OGoverno decidiu renovar o estado de calamidade em todo o território nacional até às 23h59 do dia 15 de novembro de 2020 e alargar a outros concelhos as medidas especiais...

Estas são as limitações:

  • Dever de permanência no domicílio, devendo os cidadãos abster-se de circular em espaços e vias públicas, bem como em espaços e vias privadas equiparadas a vias públicas, exceto para o conjunto de deslocações já previamente autorizadas, às quais se juntam as deslocações para atividades realizadas em centros de dia, para visitar utentes em estruturas residenciais para idosos, unidades de cuidados continuados integrados da Rede Nacional de Cuidados Integrados ou outras respostas dedicadas a pessoas idosas, bem como as deslocações a estações e postos de correio, agências bancárias e agências de corretores de seguros ou seguradoras e as deslocações necessárias para saída de território nacional continental;
  • Como regra, que todos os estabelecimentos de comércio a retalho e de prestação de serviços, bem como os que se encontrem em conjuntos comerciais, encerram até às 22h00;
  • O encerramento dos restaurantes até às 22h30;
  • Prever-se que o presidente da câmara municipal territorialmente competente possa fixar um horário de encerramento inferior ao limite máximo estabelecido, mediante parecer favorável da autoridade local de saúde e das forças de segurança;
  • A proibição da realização de celebrações e de outros eventos com mais de cinco pessoas, salvo se pertencerem ao mesmo agregado familiar;
  • A proibição da realização de feiras e mercados de levante,
  • A possibilidade de realização de cerimónias religiosas, de acordo com as regras da Direção Geral da Saúde;
  • A obrigatoriedade de adoção do regime de teletrabalho, independentemente do vínculo laboral, sempre que as funções em causa o permitam, salvo impedimento do trabalhador;
  • O regime excecional e transitório de reorganização do trabalho (constante do DL 79-A/2020) é aplicável às empresas com locais de trabalho com 50 ou mais trabalhadores, em todos os concelhos abrangidos pelas novas medidas (atualmente este regime era aplicável às áreas metropolitanas de Lisboa e Porto).
publicado por usmt às 06:18
link do post | favorito

.USMT:Quer nos Conhecer?

  • O que somos
  • Oque fazemos
  • O que defendemos
  • .Vamos criar a Associação de Defesa dos Utentes da Saúde

  • Saber Mais
  • .Leia, Subscreva e Divulgue a Petição ao Senhor Ministro da Saúde Sobre as Novas Taxas Moderadoras Para Internamentos e Cirurgias

  • Petição Movimento de Utentes da Saúde
  • .USMT Mail:

    usaudemt@hotmail.com

    .Abaixo-Assinado

  • Queremos Médicos na Meia Via, Ribeira e Pedrógão
  • .pesquisar

     

    .Jornais Regionais On-Line

  • O Templário
  • Cidade de Tomar
  • O Mirante
  • O Ribatejo
  • Torrejano
  • Almonda
  • O Riachense
  • Entroncamento On-Line
  • Notícias de Fátima
  • .Organizações & Comições

  • MUSS
  • Movimento Utentes Saúde
  • OMS
  • .Posts Recentes

    . Pela reabertura das Exten...

    . 31 maio - DIA MUNDIAL SEM...

    . 26 maio - DIA MUNDIAL ESC...

    . 18 maio - DIA MUNDIAL VAC...

    . Sobre os recursos humanos...

    . T NOVAS, 15 maio - Recolh...

    . A intervenção das populaç...

    . 22 maio - DIA MUNDIAL CON...

    . 19 maio - REUNIÃO DA COMI...

    . 17 maio - DIA MUNDIAL HIP...

    .Arquivos

    . Maio 2021

    . Abril 2021

    . Março 2021

    . Fevereiro 2021

    . Janeiro 2021

    . Dezembro 2020

    . Novembro 2020

    . Outubro 2020

    . Setembro 2020

    . Agosto 2020

    . Julho 2020

    . Junho 2020

    . Maio 2020

    . Abril 2020

    . Março 2020

    . Fevereiro 2020

    . Janeiro 2020

    . Dezembro 2019

    . Novembro 2019

    . Outubro 2019

    . Setembro 2019

    . Agosto 2019

    . Julho 2019

    . Junho 2019

    . Maio 2019

    . Abril 2019

    . Março 2019

    . Fevereiro 2019

    . Janeiro 2019

    . Dezembro 2018

    . Novembro 2018

    . Outubro 2018

    . Setembro 2018

    . Agosto 2018

    . Julho 2018

    . Junho 2018

    . Maio 2018

    . Abril 2018

    . Março 2018

    . Fevereiro 2018

    . Janeiro 2018

    . Dezembro 2017

    . Novembro 2017

    . Outubro 2017

    . Setembro 2017

    . Agosto 2017

    . Julho 2017

    . Junho 2017

    . Maio 2017

    . Abril 2017

    . Março 2017

    . Fevereiro 2017

    . Janeiro 2017

    . Dezembro 2016

    . Novembro 2016

    . Outubro 2016

    . Setembro 2016

    . Agosto 2016

    . Julho 2016

    . Junho 2016

    . Maio 2016

    . Abril 2016

    . Março 2016

    . Fevereiro 2016

    . Janeiro 2016

    . Dezembro 2015

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    . Junho 2015

    . Maio 2015

    . Abril 2015

    . Março 2015

    . Fevereiro 2015

    . Janeiro 2015

    . Dezembro 2014

    . Novembro 2014

    . Outubro 2014

    . Setembro 2014

    . Agosto 2014

    . Julho 2014

    . Junho 2014

    . Maio 2014

    . Abril 2014

    . Março 2014

    . Fevereiro 2014

    . Janeiro 2014

    . Dezembro 2013

    . Novembro 2013

    . Outubro 2013

    . Setembro 2013

    . Agosto 2013

    . Julho 2013

    . Junho 2013

    . Maio 2013

    . Abril 2013

    . Março 2013

    . Fevereiro 2013

    . Janeiro 2013

    . Dezembro 2012

    . Novembro 2012

    . Outubro 2012

    . Setembro 2012

    . Agosto 2012

    . Julho 2012

    . Junho 2012

    . Maio 2012

    . Abril 2012

    . Março 2012

    . Fevereiro 2012

    . Janeiro 2012

    . Dezembro 2011

    . Novembro 2011

    . Outubro 2011

    . Setembro 2011

    . Agosto 2011

    . Julho 2011

    . Junho 2011

    . Maio 2011

    . Abril 2011

    . Março 2011

    . Fevereiro 2011

    . Janeiro 2011

    . Dezembro 2010

    . Novembro 2010

    . Outubro 2010

    . Setembro 2010

    . Agosto 2010

    . Julho 2010

    . Junho 2010

    . Maio 2010

    . Abril 2010

    . Março 2010

    . Fevereiro 2010

    . Janeiro 2010

    . Dezembro 2009

    . Novembro 2009

    . Outubro 2009

    . Setembro 2009

    . Agosto 2009

    . Julho 2009

    . Junho 2009

    . Abril 2009

    . Fevereiro 2009

    . Janeiro 2009

    . Dezembro 2008

    . Novembro 2008

    . Outubro 2008

    . Setembro 2008

    . Agosto 2008

    . Julho 2008

    . Junho 2008

    . Maio 2008

    . Abril 2008

    . Março 2008

    . Fevereiro 2008

    . Janeiro 2008

    . Dezembro 2007

    . Outubro 2007

    . Setembro 2007

    . Agosto 2007

    . Julho 2007

    . Maio 2007

    . Abril 2007

    . Março 2007

    . Fevereiro 2007

    . Janeiro 2007

    . Dezembro 2006

    . Novembro 2006

    . Outubro 2006

    blogs SAPO

    .subscrever feeds