Segunda-feira, 29 de Agosto de 2022

22 setembro - Reunião do Conselho Consultivo do ACES MÉDIO TEJO

22 aces reun cc.jpg

publicado por usmt às 19:05
link do post | favorito
Domingo, 28 de Agosto de 2022

SAÚDE: ... afinal nos privados (19)

https://tomarnarede.pt/sociedade/burla-em-clinicas-dentarias-passa-por-tomar/

Burla em clínicas dentárias passa por Tomar

 

Amélia Martins, de Tomar, é uma das lesadas pelo encerramento súbito das clínicas dentárias Lusosmile. Como outras clientes, pagou na totalidade tratamentos dentários que nunca chegou a realizar.

A jornalista Sandra Felgueiras publicou uma reportagem na revista Sábado sobre este escândalo que passa também por Tomar, porque uma das clínicas tinha instalações na Corredoura.

A revista, citando os lesados, refere que as clínicas exigiam que os utentes contraíssem empréstimos. “Os contratos, feitos em tempo recorde, eram redigidos na própria clínica. que decidia com que bancos eram feitos esses mesmos empréstimos”, lê-se na reportagem. “Disseram-nos que só trabalhavam com crédito. preparavam tudo e só tínhamos que assinar. Eles recebiam o dinheiro e eu ficava a pagar ao banco durante 60 meses. 120 euros “, conta Manuel Martins, marido de Amélia.   .....

publicado por usmt às 10:36
link do post | favorito
Sexta-feira, 26 de Agosto de 2022

E em OUTUBRO...

publicado por usmt às 08:00
link do post | favorito
Quinta-feira, 25 de Agosto de 2022

Um drama: mortes na estrada

22 mortos estrada.jpg

publicado por usmt às 19:03
link do post | favorito
Quarta-feira, 24 de Agosto de 2022

SAÚDE: ... afinal nos privados (18)

https://www.dinheirovivo.pt/economia/nacional/taxas-covid-podem-variar-mais-do-triplo-e-chegar-aos-150-euros-no-privado-15111634.html?utm_source=push&utm_medium=mas&utm_term=15111634

Taxas covid podem variar mais do triplo e chegar aos 150 euros no privado

Os prestadores justificam cobrança a doentes com o custo da proteção reforçada. Deco fala em "incongruência". Associação setorial dos hospitais privados defende cobrança por questões comerciais.

Taxas covid podem variar mais do triplo e chegar aos 150 euros no privado

publicado por usmt às 10:29
link do post | favorito
Terça-feira, 23 de Agosto de 2022

Documento dirigido à ARSLVT sobre cuidados de saúde oral no ACES MÉDIO TEJO

consultório dentista.jpg 

Presidente do Conselho Diretivo

da ARS de Lisboa e Vale do Tejo (Dr. Luís Pisco)

Saúde Oral no ACES Médio Tejo

Exmº Senhor

Uma das grandes reivindicações dos Utentes da Saúde do Médio Tejo, a que esta Comissão de Utentes da Saúde se tem vindo a reportar junto das diversas entidades de Saúde, é a implantação de Gabinetes de Saúde Oral nos Centros de Saúde.

Entretanto, foi tomada a decisão de implantar esses Gabinetes de Saúde Oral, nos Centros de Saúde.

 No Médio Tejo, embora com atraso de alguns anos, acabaram por ser instalados todos os gabinetes de saúde oral em todos os 12 centros de saúde. No entanto, hoje, nos 12 centros de saúde apenas cinco estão a funcionar e têm profissionais, não funcionando os restantes 7, nos casos de Fátima, Mação, Ferreira do Zêzere, Alcanena, Sardoal, Constância e Torres Novas. Alguns destes já iniciaram o seu funcionamento, mas, pouco depois, os profissionais abandonaram o serviço. Antes não havia saúde oral porque não havia gabinetes, equipamentos e condições, hoje há gabinetes, equipamentos e condições e não há profissionais.

Temos alguma noção de que poderá haver algumas dificuldades em contratar médicos dentistas, mas solicitamos a V.Exa e aos serviços dessa ARS, que façam tudo o que for possível para que no mais curto espaço de tempo possam funcionar os Gabinetes de Saúde Oral que aguardam apenas por profissionais.

Com os melhores cumprimentos

CUSMT

publicado por usmt às 09:21
link do post | favorito
Segunda-feira, 22 de Agosto de 2022

Opinião: cuidados de saúde SNS/Privados

publico privado.jpg 

O MIRANTE DOS LEITORES

Os doentes são paisagem no mar das exigências de médicos, enfermeiros e corporações

Ninguém quer saber dos doentes quando se discute o Serviço Nacional de Saúde. As televisões só divulgam a vozearia dos representantes das corporações, sindicatos e interesses instalados. Os doentes são paisagem. E se aparecem fugazmente, é para dar razão a essas reivindicações e para passar a falsa ideia de que só existe caos nos hospitais públicos.
Nos hospitais e clínicas privadas, pelos menos a avaliar pelas queixas que vão sendo divulgadas pelas entidades que as recebem, também haveria o tal caos, se a isso se prestassem as televisões. E os hospitais e clínicas privadas não estão presentes e todo o país, não recebem todos os doentes da emergência médica, não fazem medicina preventiva de doenças como diabetes, hipertensão, etc e não prestam um serviço gratuito como o Serviço Nacional de Saúde.
A somar a isso, as consultas nos privados têm sempre um custo, mesmo quando a pessoa tem um seguro de saúde…e o valor não é o das antigas taxas moderadoras, agora extintas para a maior parte dos casos. E qual é, por exemplo, o Instituto de Oncologia dos privados e quanto custa um internamento e os tratamentos?
Os jornalistas só ouvem os que reivindicam mais salários e regalias e menos tempo de trabalho. Raramente questionam o que é dito. Ninguém me explica, por exemplo, o que significa esta última moda dos “pedidos de escusa de responsabilidade” que são noticiados diariamente. E nos casos de demissões de chefes de serviços dos hospitais públicos, ninguém me diz se quem está nessas situações trabalha em exclusividade para o Serviço Nacional de Saúde ou se também trabalha em hospitais e clínicas privadas. E isso faz toda a diferença, ou não faz?
E alguém consegue explicar como há médicos que têm índices de produtividade tão baixos no Serviço Nacional de Saúde e tão altos no privado?! E esses médicos, a quem o Estado paga 14 ordenados por ano em troca de onze meses de trabalho e lhes paga também uma parte da segurança social, seguros, subsídios de refeição e outros, têm algum vínculo com os privados com pagamento dessas mesmas coisas, ou só lhes pagam as horas efectivamente feitas, podendo assim receber valores muito mais altos porque quem os contrata não tem encargos?
Como li aqui há tempos nesta secção de O MIRANTE, há doentes transferidos de hospital para hospital, durante a noite e madrugada, sem qualquer necessidade ou benefício para a sua saúde (antes pelo contrário), ficando a ideia de que isso é feito apenas para facilitar a gestão das vagas dos serviços de internamento ou porque o transporte de doentes nessas horas é mais caro e isso beneficia quem os transporta. Volto a dizer o que disse no início. O que menos interessa para certas corporações são os doentes.
Felizmente, a grande maioria dos profissionais de Serviço Nacional de Saúde, mesmo aspirando a ter melhores condições de trabalho e mais regalias, não se desresponsabiliza. E não acredito que um médico, enfermeiro, ou qualquer outro profissional a sério faça depender a qualidade ou quantidade do seu trabalho de um salário maior.
Rui Ricardo

publicado por usmt às 08:13
link do post | favorito

Dentistas, médicos invisíveis do SNS

https://www.publico.pt/2022/08/19/sociedade/reportagem/oito-dez-dentistas-centros-saude-trabalham-recibos-verdes-2017544

Dentistas, médicos invisíveis do SNS: 80% trabalham a recibos verdes

 

A esmagadora maioria dos médicos dentistas do Serviço Nacional de Saúde (SNS) que trabalham nos centros de saúde, cerca de 80%, trabalha a recibos verdes e apenas 20% estão já integrados nos quadros do Estado como técnicos superiores do regime geral, números fornecidos ao PÚBLICO pela Associação Portuguesa dos Médicos Dentistas do Serviço Público (Apomed-SP) — que há vários anos expõe junto do Ministério da Saúde e da Direcção-Geral da Saúde as condições de trabalho a que estes profissionais estão sujeitos — e pela Ordem dos Médicos Dentistas. Em questão estão mais de 120 médicos em situações “precárias”, “alguns há mais de 30 anos”, como refere o bastonário, Miguel Pavão.

O PÚBLICO tentou perceber, junto do Ministério da Saúde, se estes números correspondem à realidade, mas não recebeu uma resposta concreta. Sobre os profissionais que asseguram os cuidados de saúde oral no SNS o ministério diz apenas que eram, até Julho, 311, entre “médicos dentistas, médicos especialistas em estomatologia, e em cirurgia maxilo-facial, higienistas orais e técnicos de prótese dentária”. ....

publicado por usmt às 07:29
link do post | favorito

31 agosto - Reunião da Comissão de Utentes

22 reun cartaz.jpg

publicado por usmt às 07:25
link do post | favorito

Calábria celebra acordo para garantir contratação de 500 médicos cubanos

https://www.abrilabril.pt/internacional/calabria-celebra-acordo-para-garantir-contratacao-de-500-medicos-cubanos

Calábria celebra acordo para garantir contratação de 500 médicos cubanos

AbrilAbril

 

Roberto Occhiuto, presidente da Calábria, anunciou a contratação de quase 500 médicos cubanos, que vão chegar à região italiana a partir de Setembro, tendo em conta a falta de pessoal médico.

Occhiuto afirmou esta quarta-feira, em declarações divulgadas nas redes sociais e na imprensa, que «dezenas de médicos cubanos estão preparados para aterrar na Calábria a partir de Setembro».

Os profissionais do país caribenho vão realizar trabalho de apoio nos vários hospitais da região do Sul de Itália, tendo em conta os problemas que enfrentam há meses devido à falta de pessoal, afirmou o presidente regional, sublinhando que «a escola cubana de medicina está entre as melhores».

Segundo explicou, na região existem recursos para contratar e foram realizados vários concursos, mas as vagas continuaram por preencher, refere a Prensa Latina.

Neste sentido, começou a negociar com Cuba e a assinatura do acordo com a Embaixada em Itália foi agora concretizada. «Vão-nos fornecer 497 médicos, que vão prestar serviço nas nossas salas de atendimento hospitalar. Começamos em Setembro com umas dezenas de médicos, que vão integrar o nosso sistema de saúde», disse.

Occhiuto afirmou que, por norma, o seu executivo tem de enfrentar diversas emergências na área da Saúde mas sem contar com os meios humanos para tal, pelo que existe o risco de salas e hospitais inteiros serem encerrados. «Para evitar que isto aconteça, preciso de ter toda a caixa de ferramentas à minha disposição», disse. Daí a negociação com Cuba.

A negociação foi levada a cabo nos últimos meses com total discrição porque, entretanto, outras instituições públicas e privadas exploravam com persistência o mesmo caminho», referiu.

«Há meses que mantenho um diálogo proveitoso com o governo cubano», afirmou Roberto Occhiuto, recordando que os médicos do país caribenho «já ajudaram Itália, na Lombardia e no Piemonte, nos meses mais duros da pandemia» de Covid-19.

Expressando satisfação com a assinatura do «importante acordo», o presidente regional classificou-o como uma «oportunidade» para a Calábria e «uma forma concreta de dar respostas imediatas às necessidades dos cidadãos, prestando serviços adequadamente e garantindo o funcionamento operacional das infra-estruturas de saúde em toda a região».

publicado por usmt às 07:19
link do post | favorito

.USMT:Quer nos Conhecer?

  • O que somos
  • Oque fazemos
  • O que defendemos
  • .Vamos criar a Associação de Defesa dos Utentes da Saúde

  • Saber Mais
  • .Leia, Subscreva e Divulgue a Petição ao Senhor Ministro da Saúde Sobre as Novas Taxas Moderadoras Para Internamentos e Cirurgias

  • Petição Movimento de Utentes da Saúde
  • .USMT Mail:

    usaudemt@gmail.com

    .Abaixo-Assinado

  • Queremos Médicos na Meia Via, Ribeira e Pedrógão
  • .pesquisar

     

    .Jornais Regionais On-Line

  • O Templário
  • Cidade de Tomar
  • O Mirante
  • O Ribatejo
  • Torrejano
  • Almonda
  • O Riachense
  • Entroncamento On-Line
  • Notícias de Fátima
  • .Organizações & Comissões

    MUSS Movimento Utentes Saúde OMS

    .Posts Recentes

    . 14 dezembro - Reunião da ...

    . HOSPITAIS DO CHMT RETOMAM...

    . Também para os trabalhado...

    . Pela sua saúde, cuidado c...

    . PROTEJA-SE DO FRIO

    . 4 de dezembro - Dia Nacio...

    . Falta de conforto térmico...

    . A população da FREGUESIA ...

    . Está em causa o facilitar...

    . Primeira operação robótic...

    .Arquivos

    . Dezembro 2022

    . Novembro 2022

    . Outubro 2022

    . Setembro 2022

    . Agosto 2022

    . Julho 2022

    . Junho 2022

    . Maio 2022

    . Abril 2022

    . Março 2022

    . Fevereiro 2022

    . Janeiro 2022

    . Dezembro 2021

    . Novembro 2021

    . Outubro 2021

    . Setembro 2021

    . Agosto 2021

    . Julho 2021

    . Junho 2021

    . Maio 2021

    . Abril 2021

    . Março 2021

    . Fevereiro 2021

    . Janeiro 2021

    . Dezembro 2020

    . Novembro 2020

    . Outubro 2020

    . Setembro 2020

    . Agosto 2020

    . Julho 2020

    . Junho 2020

    . Maio 2020

    . Abril 2020

    . Março 2020

    . Fevereiro 2020

    . Janeiro 2020

    . Dezembro 2019

    . Novembro 2019

    . Outubro 2019

    . Setembro 2019

    . Agosto 2019

    . Julho 2019

    . Junho 2019

    . Maio 2019

    . Abril 2019

    . Março 2019

    . Fevereiro 2019

    . Janeiro 2019

    . Dezembro 2018

    . Novembro 2018

    . Outubro 2018

    . Setembro 2018

    . Agosto 2018

    . Julho 2018

    . Junho 2018

    . Maio 2018

    . Abril 2018

    . Março 2018

    . Fevereiro 2018

    . Janeiro 2018

    . Dezembro 2017

    . Novembro 2017

    . Outubro 2017

    . Setembro 2017

    . Agosto 2017

    . Julho 2017

    . Junho 2017

    . Maio 2017

    . Abril 2017

    . Março 2017

    . Fevereiro 2017

    . Janeiro 2017

    . Dezembro 2016

    . Novembro 2016

    . Outubro 2016

    . Setembro 2016

    . Agosto 2016

    . Julho 2016

    . Junho 2016

    . Maio 2016

    . Abril 2016

    . Março 2016

    . Fevereiro 2016

    . Janeiro 2016

    . Dezembro 2015

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    . Junho 2015

    . Maio 2015

    . Abril 2015

    . Março 2015

    . Fevereiro 2015

    . Janeiro 2015

    . Dezembro 2014

    . Novembro 2014

    . Outubro 2014

    . Setembro 2014

    . Agosto 2014

    . Julho 2014

    . Junho 2014

    . Maio 2014

    . Abril 2014

    . Março 2014

    . Fevereiro 2014

    . Janeiro 2014

    . Dezembro 2013

    . Novembro 2013

    . Outubro 2013

    . Setembro 2013

    . Agosto 2013

    . Julho 2013

    . Junho 2013

    . Maio 2013

    . Abril 2013

    . Março 2013

    . Fevereiro 2013

    . Janeiro 2013

    . Dezembro 2012

    . Novembro 2012

    . Outubro 2012

    . Setembro 2012

    . Agosto 2012

    . Julho 2012

    . Junho 2012

    . Maio 2012

    . Abril 2012

    . Março 2012

    . Fevereiro 2012

    . Janeiro 2012

    . Dezembro 2011

    . Novembro 2011

    . Outubro 2011

    . Setembro 2011

    . Agosto 2011

    . Julho 2011

    . Junho 2011

    . Maio 2011

    . Abril 2011

    . Março 2011

    . Fevereiro 2011

    . Janeiro 2011

    . Dezembro 2010

    . Novembro 2010

    . Outubro 2010

    . Setembro 2010

    . Agosto 2010

    . Julho 2010

    . Junho 2010

    . Maio 2010

    . Abril 2010

    . Março 2010

    . Fevereiro 2010

    . Janeiro 2010

    . Dezembro 2009

    . Novembro 2009

    . Outubro 2009

    . Setembro 2009

    . Agosto 2009

    . Julho 2009

    . Junho 2009

    . Abril 2009

    . Fevereiro 2009

    . Janeiro 2009

    . Dezembro 2008

    . Novembro 2008

    . Outubro 2008

    . Setembro 2008

    . Agosto 2008

    . Julho 2008

    . Junho 2008

    . Maio 2008

    . Abril 2008

    . Março 2008

    . Fevereiro 2008

    . Janeiro 2008

    . Dezembro 2007

    . Outubro 2007

    . Setembro 2007

    . Agosto 2007

    . Julho 2007

    . Maio 2007

    . Abril 2007

    . Março 2007

    . Fevereiro 2007

    . Janeiro 2007

    . Dezembro 2006

    . Novembro 2006

    . Outubro 2006

    blogs SAPO

    .subscrever feeds