Domingo, 31 de Janeiro de 2010

Intervenção no 9º. Encontro Nacional de Comissões e Associações de Utentes

(texto da intervenção de um dos elementos da CUSMT presentes no 9º. Encontro Nacional de Comissões e Associações de Utentes dos Serviços Públicos, realizado no dia 30 de Janeiro, na Arrentela/Seixal)

 

É bom e agradável voltar a ver muitos amigos que ao longo dos últimos anos têm dado voz aos direitos e anseios das populações e mantido vivo o movimento de utentes.

 

Enquanto activistas interessados na luta por uma sociedade mais justa, chegou a hora de fazer um breve balanço do caminho percorrido para depois passarmos a pensar o futuro.

 

Especialmente grato para mim foi a participação na Comissão de Utentes dos Transportes da Margem Sul, quer pela qualidade técnica da sua intervenção quer pela capacidade de mobilização das populações e das mais diversas entidades para discutir e agir num sector estratégico para a qualidade de vida das populações.

 

Também significativo foi o desenvolvimento do movimento de utentes da saúde na Península de Setúbal, que ao longo dos anos tem mantido uma actividade regular e com êxitos assinaláveis. Realce especial para a sua acção determinante no processo do Hospital do Seixal. A sua persistência e trabalho merecem a nossa admiração.

 

Quanto à acção da Comissão de Utentes da Saúde do Médio Tejo lá vai tentando levar a água ao seu moinho, isto é, procurando organizar, informar e mobilizar utentes, populações e autarcas para que o sector da saúde seja realmente um factor de desenvolvimento sócio-económico da nossa região.

 

Mais atrasado está o trabalho, muito embora já tenha começado, ao nível do MUSP Santarém. Mas não tenham dúvidas que daqui a uns meses teremos uma estrutura regional que valoriza o movimento de utentes e vai ser uma voz activa na defesa de utentes e serviços públicos de qualidade.

 

Mas falemos do futuro....

 

Queixamo-nos frequentemente de que a comunicação social não divulga as posições e propostas do movimento de utentes. As notícias sobre as iniciativas do movimento de utentes valorizam a sua actividade e dão dimensão pública à razão que assiste às populações. Felizmente em muitos casos a imagem transmitida não reflecte as debilidades que existem no nosso movimento.

 

Um assunto importante como a subida das tarifas da EDP para 2010, apenas chegou ao nosso conhecimento através de uma nota de um jornal partidário. Este tema interessa a todos os utentes e também a todo o movimento dos utentes que decerto a divulgariam. Como é que as Comissões e Associações podem divulgar as criticas e propostas do MUSP se não lhe chega a informação? Como poder fazer chegar à comunicação social local e regional? Como podem fazer chegar a mais cidadãos e mais utentes?

 

Não se está a utilizar a informação que é disponibilizada pelos próprios serviços públicos. É preciso recolher, tratar e distribuir. Há um importante e imprescindível trabalho a fazer. Para preparar tecnicamente os membros da comissões e informar os utentes. Não dar informação implica que outros não saibam das análises nem das nossas propostas. Tem como uma das consequências a não responsabilização da estrutura e dos seus elementos perante os outros. Mas pior do que isso não esclarecemos, nem mobilizamos, nem organizamos os utentes na defesa dos seus direitos.

 

Como as boas ideias fazem o seu próprio caminho, apresentamos algumas propostas: reforçar a informação e comunicação entre as estruturas e os seus activistas, para as entidades públicas, para as populações e para a comunicação social; os meios tecnológicos tradicionais e mais recentes permitem-nos criar e divulgar documentos com grande qualidade e rapidez, permitem-nos criar dossiers e bases de dados imprescindíveis à qualificação da actividade das actuais e das comissões a criar, permitem-nos a formação técnica à distância dos activistas e, permitem-nos alargar a participação e o debate entre todos.

 

E, meus amigos, não estamos a vender sonhos, pois já há estruturas a funcionar desta forma. Sem informação e sem oportunidades de debate não se pode falar em vida democrática no movimento de utentes.

 

A estruturação do movimento de utentes

 

A insistência na informalidade e na actuação casuística não tem trazido benefícios ao movimento. A ausência de normas mínimas de funcionamento, leva a que não se consiga dar resposta em tempo e com a qualidade necessária. Algumas perguntas: há alguma listagem actualizada de estruturas e contactos? E qual a sua actividade? O trabalho colectivo e o envolvimento das populações é prática normal?

 

A ausência de normas mínimas de funcionamento leva a que não se consiga dar, a maior parte das vezes, resposta em tempo e com a qualidade necessária às ofensivas contra os utentes dos serviços públicos. Não se trata de propôr a legalização e a institucionalização das estruturas, mas sim de optar por uma estrutura que trabalhe, dinamize e estimule mais activistas e cada vez mais estruturas, com o envolvimento de todos os interessados.

 

Muitas vezes as condições objectivas não favorecem a multiplicação das iniciativas, mas a situação é agravada por factores subjectivos, dos quais o mais importante é a deficiente estruturação do nosso movimento e o fraco envolvimento dos seus activistas.

 

As alterações apresentadas pela CUSMT à Resolução do Encontro Nacional, amplamente debatidas e pensadas, com base na prática passada e daquilo que pensamos para o futuro do movimento de utentes, procuram dar resposta às dificuldades que sentimos. E reflecte um dos lemas da nossa actividade no Médio Tejo: CORRIGIR O QUE ESTÁ MAL, MULTIPLICAR O QUE ESTÁ BEM!

 

Finalmente, dizer-vos que vai ser precisa muita vontade, muita imaginação, muito trabalho e muito diálogo, para reforçarmos a defesa dos utentes no direito a serviços públicos de qualidade.

publicado por usmt às 16:35
link do post | favorito

.USMT:Quer nos Conhecer?

  • O que somos
  • Oque fazemos
  • O que defendemos
  • .Vamos criar a Associação de Defesa dos Utentes da Saúde

  • Saber Mais
  • .Leia, Subscreva e Divulgue a Petição ao Senhor Ministro da Saúde Sobre as Novas Taxas Moderadoras Para Internamentos e Cirurgias

  • Petição Movimento de Utentes da Saúde
  • .USMT Mail:

    usaudemt@gmail.com

    .Abaixo-Assinado

  • Queremos Médicos na Meia Via, Ribeira e Pedrógão
  • .pesquisar

     

    .Jornais Regionais On-Line

  • O Templário
  • Cidade de Tomar
  • O Mirante
  • O Ribatejo
  • Torrejano
  • Almonda
  • O Riachense
  • Entroncamento On-Line
  • Notícias de Fátima
  • .Organizações & Comissões

    MUSS Movimento Utentes Saúde OMS

    .Posts Recentes

    . Sobre a prestação de cuid...

    . Homenagem e gratidão aos ...

    . Não à sinistralidade rodo...

    . Que tal pôr ordem na Orde...

    . 24 de junho, o 𝐃𝐢𝐚 𝐌𝐮𝐧𝐝𝐢𝐚...

    . ALCANENA: documento aprov...

    . 26 junho- Dia Internacion...

    . Reunião com ACES: TORRES ...

    . Serviço Nacional de Saúde...

    . APMGF alerta para falta d...

    .Arquivos

    . Junho 2022

    . Maio 2022

    . Abril 2022

    . Março 2022

    . Fevereiro 2022

    . Janeiro 2022

    . Dezembro 2021

    . Novembro 2021

    . Outubro 2021

    . Setembro 2021

    . Agosto 2021

    . Julho 2021

    . Junho 2021

    . Maio 2021

    . Abril 2021

    . Março 2021

    . Fevereiro 2021

    . Janeiro 2021

    . Dezembro 2020

    . Novembro 2020

    . Outubro 2020

    . Setembro 2020

    . Agosto 2020

    . Julho 2020

    . Junho 2020

    . Maio 2020

    . Abril 2020

    . Março 2020

    . Fevereiro 2020

    . Janeiro 2020

    . Dezembro 2019

    . Novembro 2019

    . Outubro 2019

    . Setembro 2019

    . Agosto 2019

    . Julho 2019

    . Junho 2019

    . Maio 2019

    . Abril 2019

    . Março 2019

    . Fevereiro 2019

    . Janeiro 2019

    . Dezembro 2018

    . Novembro 2018

    . Outubro 2018

    . Setembro 2018

    . Agosto 2018

    . Julho 2018

    . Junho 2018

    . Maio 2018

    . Abril 2018

    . Março 2018

    . Fevereiro 2018

    . Janeiro 2018

    . Dezembro 2017

    . Novembro 2017

    . Outubro 2017

    . Setembro 2017

    . Agosto 2017

    . Julho 2017

    . Junho 2017

    . Maio 2017

    . Abril 2017

    . Março 2017

    . Fevereiro 2017

    . Janeiro 2017

    . Dezembro 2016

    . Novembro 2016

    . Outubro 2016

    . Setembro 2016

    . Agosto 2016

    . Julho 2016

    . Junho 2016

    . Maio 2016

    . Abril 2016

    . Março 2016

    . Fevereiro 2016

    . Janeiro 2016

    . Dezembro 2015

    . Novembro 2015

    . Outubro 2015

    . Setembro 2015

    . Agosto 2015

    . Julho 2015

    . Junho 2015

    . Maio 2015

    . Abril 2015

    . Março 2015

    . Fevereiro 2015

    . Janeiro 2015

    . Dezembro 2014

    . Novembro 2014

    . Outubro 2014

    . Setembro 2014

    . Agosto 2014

    . Julho 2014

    . Junho 2014

    . Maio 2014

    . Abril 2014

    . Março 2014

    . Fevereiro 2014

    . Janeiro 2014

    . Dezembro 2013

    . Novembro 2013

    . Outubro 2013

    . Setembro 2013

    . Agosto 2013

    . Julho 2013

    . Junho 2013

    . Maio 2013

    . Abril 2013

    . Março 2013

    . Fevereiro 2013

    . Janeiro 2013

    . Dezembro 2012

    . Novembro 2012

    . Outubro 2012

    . Setembro 2012

    . Agosto 2012

    . Julho 2012

    . Junho 2012

    . Maio 2012

    . Abril 2012

    . Março 2012

    . Fevereiro 2012

    . Janeiro 2012

    . Dezembro 2011

    . Novembro 2011

    . Outubro 2011

    . Setembro 2011

    . Agosto 2011

    . Julho 2011

    . Junho 2011

    . Maio 2011

    . Abril 2011

    . Março 2011

    . Fevereiro 2011

    . Janeiro 2011

    . Dezembro 2010

    . Novembro 2010

    . Outubro 2010

    . Setembro 2010

    . Agosto 2010

    . Julho 2010

    . Junho 2010

    . Maio 2010

    . Abril 2010

    . Março 2010

    . Fevereiro 2010

    . Janeiro 2010

    . Dezembro 2009

    . Novembro 2009

    . Outubro 2009

    . Setembro 2009

    . Agosto 2009

    . Julho 2009

    . Junho 2009

    . Abril 2009

    . Fevereiro 2009

    . Janeiro 2009

    . Dezembro 2008

    . Novembro 2008

    . Outubro 2008

    . Setembro 2008

    . Agosto 2008

    . Julho 2008

    . Junho 2008

    . Maio 2008

    . Abril 2008

    . Março 2008

    . Fevereiro 2008

    . Janeiro 2008

    . Dezembro 2007

    . Outubro 2007

    . Setembro 2007

    . Agosto 2007

    . Julho 2007

    . Maio 2007

    . Abril 2007

    . Março 2007

    . Fevereiro 2007

    . Janeiro 2007

    . Dezembro 2006

    . Novembro 2006

    . Outubro 2006

    blogs SAPO

    .subscrever feeds